31 de julho de 2017

Policiais são proibidos de exibir versículos da Bíblia, após queixa de ateus nos EUA

Ateus se queixaram por verem uma placa com o trecho de Romanos 8:31 exposta do departamento policial

Policiais são proibidos de exibir versículos da Bíblia, após queixa de ateus nos EUAUm versículo bíblico que era exposto na sede da polícia de Tennessee, nos Estados Unidos, será retirado após a queixa de uma organização formada por ateus.
Membros da Fundação Freedom From Religion (Livres de Religião, em tradução livre) apresentaram uma queixa em fevereiro sobre a placa exibida pelo Departamento de Polícia da cidade de Knoxville.
Pendurada numa parede por funcionários, a placa cita Romanos 8:31, que diz: “Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”
Em uma coletiva de imprensa na última quarta-feira (26), o chefe de polícia de Knoxville, David Rausch, disse que a placa seria movida para uma nova “sala de inspirações” que será criada pelo departamento. Ela será exibida ao lado de outras citações inspiradoras, versículos religiosos e provérbios.
De acordo com o presidente da organização ateísta, Aleta Ledendecker, o departamento de polícia está promovendo o cristianismo sobre outras religiões.
“O versículo foi removido para que todos os que entram na delegacia de polícia possam se sentir igualmente tratados”, disse Ledendecker em uma carta de fevereiro direcionada ao chefe da polícia da cidade.
No tribunal, o prefeito Madeline Rogero poderia ter defendido a permanência da placa no departamento policial. No entanto, o diretor legislativo da cidade de Knoxville, Charles Swanson, concordou com a posição do prefeito de não gastar dinheiro para financiar essa defesa.
“Nós não governamos de acordo com os ditames de nossas crenças. Nós governamos, em primeiro lugar, sob a autoridade da Constituição dos Estados Unidos e da Constituição do Estado do Tennessee”, disse Rogero na coletiva de imprensa.